Skip to main content
Circuito fechado de TV

Circuito fechado de TV (CFTV): Por que você precisa ter?

A crescente onda de violência, o desrespeito ao patrimônio público e privado e o alto índice de atentados à vida geram preocupação com a segurança em famílias e empresas. Como não podemos virar reféns do medo e da insegurança, é preciso buscar tecnologias que nos permitam manter a rotina e realizar nossas atividades cotidianas com mais tranquilidade. O Circuito Fechado de TV (CFTV) é uma dessas tecnologias desenvolvidas para oferecer segurança em casas, comércios, indústria, prédios públicos etc.

 

O QUE É UM CIRCUITO FECHADO DE TV?

O CFTV é um sistema interno de vigilância realizado por câmeras distribuídas por um ou vários ambientes, conectadas a uma central de monitoramento remoto. As imagens são captadas durante todo o dia e podem ficar gravadas para que sejam assistidas novamente caso necessário.

O Circuito é usado prioritariamente para monitoramento patrimonial, com o objetivo de registrar incidentes de segurança, mas também pode ser instalado para fazer o monitoramento viário, servindo como prova em caso de acidentes; registrar atos de vandalismo e de depredação do patrimônio público, entre outras ocorrências. Em casos mais graves, as gravações podem ser utilizadas até em processos judiciais.

 

ONDE O CFTV PODE SER INSTALADO?

Casas, condomínios, indústrias, escritórios e comércios são exemplos de lugares que podem receber o CFTV com o objetivo de aumentar sua segurança.

Cada situação precisa ser analisada individualmente. Varia o número de câmeras instaladas, a qualidade da gravação, por quanto tempo as gravações serão armazenadas no servidor.

 

QUAIS AS VANTAGENS DE INSTALAR UM CFTV?

A equipe de segurança pode monitorar em tempo real o que está acontecendo nos ambientes com câmeras instaladas. Além disso, é possível fazer o acompanhamento remoto das imagens. Por exemplo, se você tem o sistema instalado na sua casa ou no escritório, pode conferir a movimentação do local durante uma viagem de férias.

Outra vantagem é que apenas a presença das câmeras de vigilância se torna um ponto de atenção, inibindo a ação dos criminosos.  Afinal, fica evidente que o espaço está sendo monitorado.

 

COMO ESCOLHER O MODELO DE CFTV?

Câmeras

Antes de instalar o Circuito Fechado de TV, é preciso mapear exatamente quais pontos receberão as câmeras. Como há diferenças entre os equipamentos, é importante definir as funções desejadas, pois alguns são voltados exclusivamente para áreas internas e outros, para áreas externas. Estes podem ficar expostos ao sol, à chuva e ao vento, sem correr o risco de sofrer danos e sem prejuízo ao seu desempenho.

 

Também é importante ficar atento se a câmera será utilizada durante o dia e a noite e se mantém a qualidade da imagem mesmo com baixa iluminação. A Segurimax, marca comercializada pela JotaJota, tem opções de câmeras que gravam em HD e Full HD, garantindo precisão dos vídeos em diversas situações de luz e sombra.

 

O ângulo alcançado pela câmera em relação ao espaço onde será instalada também deve ser levado em consideração antes da compra. As câmeras da Segurimax têm ângulo de visão de 62° até 102°.

 

Gravação

Assim que as câmeras forem definidas, é a hora de escolher o equipamento de gravação de imagem, chamado DVR (Digital Vídeo Recorder) ou NVR (Network Vídeo Recorder). A Segurimax dispõe de equipamentos que permitem gravação e backup das imagens, além do o acesso remoto.

Os equipamentos de gravação podem apresentar 4, 18, 16 e 32 canais. Essa escolha dependerá da quantidade de câmeras que serão ligadas no sistema. No entanto, especialistas indicam que se deixe ao menos uma saída de câmera sobressalente para que um novo equipamento possa ser instalado posteriormente se houver necessidade. 

 

Cabeamento

Por fim, é necessário escolher o cabeamento que fará a ligação das câmeras ao equipamento de gravação e escolher os conectores do Circuito Fechado de TV. Sistemas analógicos usam cabos coaxiais (constituído por núcleo interno, isolador, escudo exterior e cobertura), os sistemas digitais são ligados por cabos de rede UTP (cabo de par trançado), o mesmo usado em computadores. Alguns modelos específicos podem ser utilizar fibra óptica.

 

Outros elementos são necessários para a correta instalação e utilização dos Circuitos Fechados de TV, como fontes e conectores. Na JotaJota, você encontra a linha completa de equipamentos para CFTV e vendedores especializados para ajudá-lo a escolher o modelo ideal para as suas necessidades.

 

Circuito fechado de TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *