Skip to main content
fitas de LED

Fitas de LED: o que você precisa saber antes de instalar

Tendências na arquitetura e decoração, as fitas de LED podem ser utilizadas tanto em ambientes internos quanto em  áreas externas. Sua instalação confere aos espaços modernidade, além de ser um produto extremamente versátil, já que é possível escolher intensidade da iluminação e também a cor que melhor se adapta ao projeto. Outra vantagem está na instalação: é muito fácil aplicar a fita de LED nos projetos, mas apesar disso, é fundamental contar com um profissional qualificado que vai garantir segurança e o resultado final desejado.

A arquiteta Marina Makowiecky, da Allume – Arquitetura de Iluminação, ressalta que as fitas de LED podem ser utilizadas “tanto para a decoração quanto para a iluminação funcional, desde que dimensionadas corretamente”. Ela também observa que é indispensável procurar orientações para um melhor aproveitamento das fitas. “São muitas as características da luz de LED que podem ser prejudicadas, se não forem bem instaladas. A qualidade e armazenagem do produto nas lojas também interfere no resultado final. Por isso é importante ter uma boa orientação dos fornecedores.”

Mas antes de detalhar sobre a instalação, é importante conhecer melhor as características das fitas de LED.

 

Afinal, o que é uma fita de LED?

Os LEDs são diodos que emitem luz, ou seja, transformam uma pequena quantidade de energia elétrica em iluminação. Entretanto, sozinhos os LEDs não conseguem iluminar um espaço inteiro, por isso, normalmente eles são utilizados em grupos. No caso das fitas de LED, eles estão conectados em série para garantir uma emissão de luz razoável.

As fitas de LED no mercado são vendidas normalmente por metro e é possível cortá-las do tamanho desejado. Porém, o corte deve ser feito em lugares específicos, já que as fitas são fabricadas em módulos que contam com uma quantidade de LEDs determinada: normalmente três ou seis. Se um desses módulos for rompido é possível que a iluminação nesse espaço da fita não funcione. Por isso, é importante respeitar as orientações dos fabricantes e ter um profissional de confiança e especializado para a instalação das fitas de LED.

No mercado, o consumidor encontrará as fitas de LED vendidas em rolos. Os LEDs vêm protegidos por uma capa de material plástico e alguns modelos contam com fitas duplas-faces que facilitam sua fixação nos ambientes.

fitas de LED

 

Cor e intensidade das fitas de LED: como escolher

O mercado brasileiro conta com inúmeras opções de fitas de LED, mas afinal, o que o consumidor precisa saber antes de comprar a ideal para o seu projeto? As fitas de LED podem ter 220V ou 12V e a intensidade da iluminação dependerá do LED utilizado na fabricação dos produtos. Por isso, é importante conversar com um especialista para determinar qual fita é a mais adequada para o seu projeto.

Outra vantagem das fitas de LED está na possibilidade de criar ambientes diferenciados a partir das diversas cores. Existem no mercado fitas com variadas temperaturas de cor: branco quente e branco frio, passando pelo neutro de 2700K até 6500K. Também existem as fitas RGB indicadas quando o objetivo é fazer uma iluminação colorida. Elas são construtuídas por LEDs azuais, vermelhos e verdes que podem ser combinados por meio de controle remoto para obtenção de inúmeras cores quando ligados juntos.

 

Onde instalar as fitas de LED?

A versatilidade das fitas de LED permite que elas sejam instaladas em diversos projetos, em áreas internas ou externas. Outra vantagem está na durabilidade: fitas de marcas confiáveis e bem dimensionadas podem ultrapassar as 15 mil horas de uso. Mas antes de comprar o produto, é importante verificar se o fabricante recomenda sua instalação em determinado espaço.

 

Fitas de marcas confiáveis podem durar mais de 15 mil horas

fitas de LED

Como instalar as fitas de LED

Apesar de se tratar de um produto simples, instalar as fitas de LED exige cuidados e atenção redobrada para evitar problemas. Pedro Junior, da JotaJota, explica que além das fitas, o consumidor precisa de mais alguns produtos para completar a instalação.

 

Assista ao vídeo gravado na JotaJota

No caso das fitas de LED de 220V, será necessário um alimentador que normalmente é vendido  com o produto. Basta fazer a conexão da fita no cabo e ligar na tomada para que o produto funcione.

 No caso das fitas de 12V o consumidor precisará de um driver (fonte) que precisa ser dimensionado de acordo com o comprimento da fita (potência total) que será usada.

 Confira as etapas de instalação:

– Determinando a potência da fonte: “Nesse momento é fundamental contar com um profissional especializado, ele vai saber qual a melhor fonte para cada projeto. Esse dado depende da quantidade de fita que será utilizada”, pontua Junior. Depois disso, basta realizar a conexão entre a fita de LED com o driver.

– Instalação no ambiente: faça todas as medidas para ter certeza sobre a quantidade de fitas de LED que serão necessárias para o projeto. Lembre-se de sempre considerar um ponto de energia por perto para fazer a ligação elétrica. Após essa etapa, limpe o espaço para eliminar pó e sujeira que podem atrapalhar o momento da instalação. Apesar de algumas fitas de LED terem adesivo dupla-face, também é recomendada uma aplicação de cola para garantir ainda mais durabilidade ao projeto. Lembre-se: se for necessário cortar a fita, respeite as orientações dos fabricantes.

A arquiteta Marina Mokowiecky, da Allume – Arquitetura de Iluminação, explica ainda que dependendo do local de instalação da fita é ideal que sejam utilizados perfis ou cantoneiras metálicas para sua fixação. “Uma vez que o metal auxilia. na fixação e principalmente na dissipação do calor do LED, isso evita a prejuízo à sua vida útil”, observa.

 

“É fundamental contar com um profissional especializado, ele vai saber qual a melhor SOLUÇÃO para cada projeto

 

Qualidade JotaJota

A JotaJota trabalha apenas com fornecedores de qualidade para fitas de LED. Entre as marcas comercializadas estão Roma Lux, Stella, Brilia e Toled. “Só contamos produtos importados fornecidos por empresas de confiança. O consumidor deve ficar atento porque o mercado já conta com inúmeras marcas, entretanto, muitas vezes são opções que não têm qualidade e isso vai resultar em uma vida útil muito inferior e ainda podem causar riscos à segurança”, sinalizou.

 

fitas de LED

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *